Abraços Dobrados Clicados

Pela cidade: clique cinza, azui, vermelho e verde.
Abraços Dobrados Clicados by Tereza Yamashita

Anúncios

Sketchbook 2018

Dobrando Alegrias — Sketchbook 2018 e Minilivro 2016: arte & poesia (para relembrar).

“Pensar brincando: aprender envolve experimentação – tentar coisas novas, explorar materiais, testar fronteiras, correr riscos e fazer muitas vezes de diferentes formas.”

Os carimbos e tintas naturais (as tintas naturais e os carimbos podem ser extraídas de fontes vegetais e minerais). O carimbo é uma das mais antigas e acessíveis técnicas de impressão seriada. Assim como outras técnicas de reprodução, a partir de uma matriz, que pode ser de madeira, borracha, cortiça, metal ou outros materiais tradicionais, imagens são registradas em alto ou baixo relevo e posteriormente são impressas em diversos suportes.

As matrizes de carimbo também podem ser dos mais diferentes tipos de material, às vezes aproveitando sua própria forma, como frutas, legumes, folhas, flores ou objetos variados. O carimbo pode ser aplicado sobre diversos tipos de superfície, como papel, tecido, madeira, paredes e embalagens, criando desenhos, padrões e estampas. Por seu caráter gráfico, é bastante utilizado em trabalhos editoriais independentes, design, hand crafts, entre outros.

 

BomBom dia. BomBom feriado! BomBom Páscoa

BomBom dia. BomBom feriado! BomBom Páscoa!

mensagens-e-frases-curtas-de-feliz-pascoa-44
Abraços Dobrados com Bombons, kkk

Bookmarker1 2018-03-28

Como todos sabem, eu adoro girafas! Mas vi que já dobrei, desenhei, fiz vídeo, escrevi e até criei personagens sobre estes adoráveis peludos, os coelhos! Abaixo (fotos) uma retrospectiva da coelhada, kkk. Como eles se multiplicaram!
Abraços Dobrados Branquinhos.

Coelhos todos

No face: https://www.facebook.com/tereza.yamashita.9/media_set?set=a.2060688877277973.1073742186.100000106419607&type=3 

 

Escrevendo o Futuro

[ Próximo exercício do Escrevendo o Futuro – Ateliê de Criação Literária ]

“Me arrasto pelo mundo há milênios, como uma serpente que rasteja e se queima, e se congela num deserto de peles secas, medíocres e miseráveis.” Tereza Yamashita

IA imortalidade1

Para o próximo exercício do Ateliê, coordenado pelo Luiz Bras (Paisagem Personas), fiz um tipo de “moodboard” (veja significado abaixo), recolhendo imagens e pesquisando matérias sobre o assunto. Pra mim, são temas bem difíceis, nunca tinha mantido contato, apenas assistia filmes de ficção científica como entretenimento, rs. Mas agora com o ateliê estou me interessando mais pelo assunto, e ao mesmo tempo que fico encantada, eu fico com receio do futuro com tanta revolução, kkk. O tema proposto para o próximo exercício: imortalidade, uau! Pensando bem, acho que fiz mais um moodboard ilustra, ou seja, um quadro de emoções.

 


“Moodboarding é um conceito super interessante, com o qual você certamente se deparou, só não sabia o nome. Sabe quando você está naquele processo de brainstorming e finalmente define um caminho para seu projeto seguir? Aí provavelmente você vai buscar referências, ideias, cria suas paleta de cores e salva aqueles links nos favoritos, certo? Pronto. Você encontrou o ponto de partida para fazer um moodboard.

Moodboard é um painel de referências visuais para representar o look and feel (conceito visual) do seu projeto. Ele pode facilitar a sua vida, uma vez que permite que você estampe visualmente as suas ideias em algum lugar, exemplificando cores, texturas, formas e estilos, e facilitar a vida do seu cliente, que vai entender o clima que o projeto final vai começar a ter. Serve não só para projetos de Design, mas para ideias que estão em fase de planejamento visual, em geral.

IA imortalidade3

Apesar de parecer feio o nome moodboard traduzido, a ideia é exatamente esta: um quadro de emoções. Um painel que vai trazer à tona, previamente, a atmosfera do projeto. Abstraindo um pouco mais, seria como conhecer uma pessoa sem vê-la, só pelas roupas que têm no armário, músicas que ouve, cores que gosta, filmes que costuma ver.”