[ Vida simples ]

Vida simples.

Mãos em Movimento.

Abraços Dobrados Agradecidos.

 

Desde pequena, eu sempre tive uma vida simples e pretendo terminá-la assim.

Não posso me queixar dos ciclos que enfrentei, que a vida me ofereceu. Eles foram vividos de maneira intensa, e sou grata. Até os 16 anos, transcorreu a vida simples em família. Dos 17 aos 24, houve uma explosão de emoções e novas aventuras. Dos 24 aos 45, muito trabalho, e uma nova vida em família, virei mãe. Dos 46 em diante, novas emoções, muitas perdas… Talvez um reencontro comigo mesma. E agora aos cinquenta, quem diria, ainda novas emoções, novos aprendizados.

Nas últimas três décadas, fiz muitos trabalhos na área de publicidade, de ilustração editorial, projetos gráficos de livros, dezenas, e me aventurei na escrita, publicando alguns livros infantis. Agora uma nova realidade se apresenta, um pequeno hobby que está virando uma nova profissão: as oficinas de origami.

No ano de 2015, eu nem imaginava que iria plantar nas pessoas tantas sementinhas de origami, foram mais de 500 oficinandos. Uma grande experiência, acho que aprendi mais do que ensinei.

Com essa crise mundial, não sei onde irei parar, os ventos serão fortes e nos levarão por trilhas e caminhos inesperados (será bom seguir o exemplo do bambu, curva-se às intempéries).

Enfim, não sei quanto tempo nos resta, dos 50 em diante tudo pode acontecer. Ainda tenho que trabalhar muito, até a minha menina se formar e poder se sustentar sozinha, e seguir o seu próprio caminho. Espero que até os 60 anos esse meu ciclo se complete com harmonia. Depois, tenho um sonho: uma vida mais simples. Uma casa numa cidade do interior, onde eu e meu companheiro de 27 anos (completaremos, em julho de 2016) possamos viver sossegados. Assim, poderemos trabalhar com mais tranquilidade, ele escrevendo suas memórias, e eu esculpindo o barro (ou vice-versa, rs). E, quem sabe, ensinando origamis e contando histórias divertidas aos netos.

Uma vida mais simples. Que os ventos soprem a favor!

Ah, fiz esse vídeo, uma pequena retrospectiva de 2015, plantando sementinhas de origami, e que elas germinem.

parcerias2015

Link

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s