FelizIDADE Sansão!

[ FelizIDADE Sansão! ]

gatook

1497792_763930046953869_702595545_nPrimeiro aniversário, kkk

Vejam só, na sexta-feira, dia 28 de fevereiro de 2014, é o aniversário do nosso gatito! Ele está completando 14 anos! Sansão, como todos já sabem, é o nosso herói. Ele é a fonte de inspiração para os nossos personagens felinos. Nós já o transformamos em personagem de vários livros. Em Nosso gato desbotado ele é o protagonista (ah, ele  também é internacional,  pois o livro foi lançado no México). Em outras histórias ele já teve vários nomes, como Gatino e Chulé, em A poção da vida. Em Bia olhos azuis, ele era o Platão. Nossos personagens felinos sempre são muito legais e simpáticos, mas em A família Fermento contra o supervírus de computador, ele é um vilão, rs.

Mas em outros livros temos outros bichinhos como personagem. Em Pituca e a chuva, temos um ursinho de pano muito fofo. Em Dias incríveis temos vários animais: uma ovelha, um sapo, um coelho e até uma rena. Em A menina vermelha o personagem animal  que aparece na história é o malvado Rex, um tiranossauro. E em nosso último livro, Ganhei uma menina, o personagem é um cachorrinho, o Quiuí. No meu primeiro  livro solo, Troca de pele,  temos um esquilo muito traquina, o Chuinf. E agora no Mãos Mágicas temos um sapo, um macaco, uma girafa, um panda, um pássaro e até um gato que toca taikô!

Novidade: no dia 29 de março de 2014, sábado, teremos enfim o lançamento dos nossos  livros pelo SESI-SP editora (Mãos mágicas e Vítor e o Invisível, na Livraria da Vila da Fradique, com uma minioficina de origami! Viva! Não percam, a ilustradora Suppa também irá!

livraria da vila

diadascrianças

E um  VIVA  para os animaizinhos de estimação!

_MG_9668

O Gato
Vinicius de Moraes

Com um lindo salto
Leve e seguro
O gato passa
Do chão ao muro
Logo mudando
De opinião
Passa de novo
Do muro ao chão
E pisa e passa
Cuidadoso, de mansinho
Pega e corre, silencioso
Atrás de um pobre passarinho
E logo pára
Como assombrado
Depois dispara
Pula de lado
Se num novelo
Fica enroscado
Ouriça o pêlo, mal-humorado
Um preguiçoso é o que ele é
E gosta muito de cafuné

Com um lindo salto
Leve e seguro
O gato passa
Do chão ao muro
Logo mudando
De opinião
Passa de novo
Do muro ao chão
E pisa e passa
Cuidadoso, de mansinho
Pega e corre, silencioso
Atrás de um pobre passarinho
E logo pára
Como assombrado
Depois dispara
Pula de lado
E quando à noite vem a fadiga
Toma seu banho
Passando a língua pela barriga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s