Cerâmica e origami

[ Encerramento do curso de cerâmica ]

ultimaspeças copy

Últimas peças moldadas, cruas – argila preta.

Infelizmente o curso de cerâmica acabou, sniff. Ontem encerramos com uma festinha de despedida, com deliciosos bolos e pães de mel (parabéns para a família Grell-Atelier Apia), salgadinhos, bebidas e até café tirado na hora, hummm, que delícia!

grell

O grupo, além de ser muito criativo na cerâmica, é formado por ótimos mestres-cucas! A Kimi Nii sorteou o seu belíssimo livro de cerâmica, e a querida Lela foi quem ganhou, inveja branca, rs. Eu sorteei uma das minhas caixinhas-surpresa de tsuru, que foi para a fofa designer Yara Fukimoto.

thumb.php

kimibazar

Este ano foi muito difícil pra mim, mas a arte, principalmente a cerâmica, me ajudou a enfrentar com coragem todos os desafios. O ato de modelar a argila me acalma, como se eu estivesse fazendo uma meditação, só que com as mãos, rs.

kimi2012sonia

 Fotos: Sonia , Kazue e Tereza.

Enfim, agradeço a todo o grupo de artistas veteranos, que  me acolheu, rs. E obrigada a toda a equipe do Sesc Pompéia e principalmente a Kimi pela atenção e simpatia.

DSC06350

Foto enviada pela Kazue Matsuoka. Arigatô!

Ah, uma linda e delicada animação que a Ana Cristina enviou para o grupo de cerâmica. Fiquei emocionada!

Post antigo:

[ Cerâmorigami ]

Todos sabem que eu adoro origami, e agora estou fazendo um curso de cerâmica no Sesc PompéiaNesse curso,Kimi Nii, uma das mais respeitadas ceramistas do Brasil, orienta a livre expressão e criação em cerâmica, com base nos trabalhos desenvolvidos pelos alunos e na oportunidade de diálogo com a artista.

Kimi Nii nasceu em Hiroshima, Japão. Em 1972, formou-se em desenho industrial pela Faap, e em 1978 iniciou sua atividade como ceramista. É muito conceituada no Brasil e no exterior. Realizou diversas exposições no Brasil, em espaços como a Pinacoteca do Estado de SP e no Instituto Tomie Ohtake. Expôs também no Canadá, Itália, Espanha, Argentina e França. No fim da década de 1990, sua produção difundiu-se também no Japão, com a realização de mostras individuais.

Esboços

O curso é aberto, você faz um projeto e recebe orientações da mestre. Eu resolvi tentar unir a forma geométrica do origami e o famoso tsuru  com a técnica da cerâmica. Estou chamando o meus estudos de  cerâmorigami, achei divertida a união das duas palavras, rs.

Aqui, algumas fotos das peças em barro cru (confira fotos no facebook também). Foram os primeiros estudos que fiz nesse feriadão, para treinar. Achei bem difícil fazer peças com linhas geométricas, pois estava acostumada a fazer formas orgânicas como no curso Diálogo com o Barrona Umapaz e no Curso de Férias com Eng Goan, professor e artista/ceramista do SESC Pompéia. Enfim, um novo aprendizado.

eng.tereza

Foto Tereza Yamashita: com Cristina (SESC), professor Eng Goan, um aluno
e eu. Peça queimada, feita no curso.

Como no origami, a cerâmica requer muita paciência e dedicação.

Paciência e perseverança tem o efeito mágico de fazer as dificuldades desaparecerem
e os obstáculos sumirem.

John Quincy Adams

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s