Memórias 5

[ Memórias 5 ]

Um conto antigo, pra relembrar!

 foto ccmackay

“Uau, Carlinhos, que brinquedo legal! Você me empresta?”
“De jeito nenhum, Laurinha! É meu! Não empresto! Não dou!”
“Você é muito egoísta, Carlinhos! Não quero mais ser sua amiga. Tchau!”
Quantas vezes a gente já não viu essa cena? Até você já deve ter discutido assim com um amigo, não é? Sabemos que é muito difícil dividir nossos brinquedos e nossos doces com o irmão, o primo ou o amigo. É muito chato ter que dar um pedaço do chocolate, ainda mais se ele já estiver acabando. E o videogame novo, então?! Ainda mal sabemos jogar e já temos que emprestar para o irmão! É duro, né? Mas imagine se no mundo ninguém emprestasse nada, nadinha. Imagine se ninguém desse nada nem fosse generoso Começando pelos nossos pais. Eles não nos dariam beijos, nem comida, nem roupas, nem brinquedos. Ficaria tudinho só para eles. Aliás ninguém mais teria filhos. Viveríamos sozinhos, pois a gente nem sequer ia querer casar. Cada um ia viver sozinho numa casa, com todas as suas coisas. Certamente seríamos muito infelizes. Sem amigos para brincar, brigar ou dividir a pipoca na hora do desenho animado. Isso seria terrível! E as grandes invenções? E as descobertas científicas? O inventor e o cientista não deixariam ninguém saber de suas descobertas. Ficaria tudo em segredo. Ainda bem que as pessoas gostam de dividir suas descobertas, suas idéias, seu amor. Estamos falando da generosidade! É, da generosidade das pessoas e também dos animais. Você não acredita? Os animais também são muito generosos. Você nunca viu uma cachorrinha cuidando de um gatinho ou de um coelhinho? Alguns animais adotam um filhote perdido e cuidam dele, assim como nós. Por isso, é muito legal trocar brinquedos, roupas, revistas e idéias. Assim nossos amigos farão o mesmo e teremos sempre muitas novidades. É muito bom dividir as coisas, mesmo que seja apenas um abraço. Ou um sorriso. Dividir uma tarde agradável. Isso não é o máximo?!

Tereza Yamashita & Luiz Bras

Ah, algumas fotos da Exposição Ensigno, no Prédio Histórico dos Correios, que terminou no dia 20 de outubro. Valeu!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s