Onde as crianças dormem

[Onde as crianças dormem]
“O quarto é um dos espaços mais íntimos que possuímos. É nele que dormimos, sonhamos, guardamos pertences pessoais e passamos boa parte de nosso tempo.

Explorando esse espaço tão pessoal, o inglês James Mollison idealizou o livro Where Children Sleep, composto por vários retratos de crianças de diferentes partes do mundo – e de seus respectivos ninhos. Cada registro é acompanhado por um capítulo que narra a história dos pequenos.

Nessa obra impactante de 120 páginas todas as diferenças culturais, religiosas, geográficas e sociais evidenciadas mostram como algumas crianças têm mais direito a ser… criança do que outras.”  Leitura / por Zupi.

BIOGRAPHY

James Mollison was born in Kenya in 1973 and grew up in England. After studying Art and Design at Oxford Brookes University, and later film and photography at Newport School of Art and Design, he moved to Italy to work at Benetton’s creative lab, Fabrica. His work has been widely published throughout the world including by Colors, The New York Times Magazine, the Guardian magazine, The Paris Review, The New Yorker and Le Monde. His latest book Disciples was published in October 2008 following its’ first exhibition at Hasted Hunt Gallery in New York. In 2007 he published The Memory of Pablo Escobar- the extraordinary story of ‘the richest and most violent gangster in history’ told by hundreds of photographs gathered by Mollison. It was the original follow-up to his work on the great apes – widely seen as an exhibition including at the Natural History Museum, London, and in the book James and Other Apes (Chris Boot, 2004). Mollison lives in Venice with his wife.

O projeto tornou-se uma referência de pensamento crítico sobre a pobreza e a riqueza, sobre a relação das crianças com as suas posses ou a falta delas. O fotógrafo espera que seu trabalho ajude outras crianças a pensar sobre a desigualdade no mundo, para que, talvez, no futuro eles pensem como agir, para diminuir esta diferença.




Thais, 11 anos, mora com os pais e a irmã no terceiro andar de um bloco de apartamentos no Rio de Janeiro, Brasil. Ela divide um quarto com a irmã. Vivem nas vizinhanças da Cidade de Deus, que costumava ser conhecida por sua rivalidade de gangues e uso de drogas. Thais é fã de Felipe Dylon, um cantor pop, e tem pôsteres dele em sua parede. Ela gostaria de ser modelo.


Obs: Nova minientrevista com a escritora e ilustradora Lúcia Hiratsuka. Aguardem!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s