Lançamento

[Lançamento da antologia Retratos Japoneses no Brasil – Literatura Mestiça na Casa das Rosas]


Tsuru, símbolo da longevidade e da paz, dobrado para o lançamento.

It’s a bird.

It’s a plane.

It’s a single

Piece of paper

Folded 21 times.

HOMENAGEM
100 + 2 JAPÃO NO BRASIL 

Sexta-feira, 25 de junho, às 17h.
No mês em que se comemora a Imigração Japonesa ao Brasil, a Casa das Rosas realiza o evento 100 + 2 Japão no Brasil, comemorando dois centenários: os 100 anos de Akira Kurosawa, com a projeção do filme Trono Manchado de Sangue, às 17h, e os 102 anos da Imigração Japonesa ao Brasil, com o lançamento da antologia Retratos Japoneses no Brasil – Literatura Mestiça, às 19h15, uma publicação do selo [e], da editora Demonio Negro/Annablumme.

A antologia traz contos e crônicas de dez autores nipo-brasileiros enfeixando o tema amor, com organização da escritora e jornalista Marilia Kubota, e apresentação de Nelson de Oliveira e Jiro Takahashi. A programação gráfica do livro é de Vanderley Mendonça. 

Eu, Tereza Yamashita, faço parte dos sortudos, pois estou na antologia.

Venha comemorar conosco tomando um saquê.

[Release]

RETRATOS JAPONESES NO BRASIL, uma amostra de estórias  nipo-brasileiras

Retratos Japoneses no Brasil, Vários Autores. Organização Marilia Kubota, Selo [e],  Editora Annablumme, ISBN 9788563’41125, 144 páginas, R$ 35. Lançamento dia 25/06, Casa das Rosas, SP

A Editora Anna Blumme lança pelo selo [e] a antologia  Retratos Japoneses no Brasil – Literatura Mestiça no dia 25 de junho, a partir das 19 horas, na Casa das Rosas, em São Paulo.A coletânea traz crônicas e contos de dez autores nipo-brasileiros: Adalgisa Naraoka, Alexandre Inagaki, Gabriela Kimura, Itiro Takahashi, Mirian Lie, Marilia Kubota, Rucardo  Miyake, Simone Toji, Tereza Yamashita e Wilson Sagae, que  escrevem sobre um tema único: amor.

O título da antologia foi inspirado na série de reportagens  Retratos Japoneses: Crônica da Vida Pública e Privada, escrita pelo americano Donald Richie. Como não é um livro de reportagens literárias nem exclusivamente  de crônicas, o subtítulo esclarece: esta é uma amostra da literatura feita pelos nikkeis –  os imigrantes  japoneses e seus descendentes que nasceram fora do Japão.

Os textos dos escritores nipo-brasileiros estão repletos de palavras japonesas que os termos identificados com a etnia, como Ohayô e Arigatô, Por isto a antologia traz em anexo um glossário com termos em japonês para a perfeita compreensão das narrativas.

Retratos Japoneses no Brasil foi  organizada pela escritora e jornalista Marília Kubota e é apresentada pelo escritor Nelson de Oliveira e pelo professor de literatura Jiro Takahashi, com programação gráfica de Vanderley Mendonça.

Apresentações

Em seu texto de apresentação Nelson de Oliveira diz que,  nesta coletânea,  é a diferença estrutural entre o Japão e o Brasil, dois planetas completamente diferentes, seus conflitos e sua beleza poética, que os dez prosadores reunidos usaram como matéria-prima para suas histórias.

Já para Jiro Takahashi,  Retratos Japoneses no Brasil vêm celebrar a memória e o sonho, a tradição e a ruptura, as esperanças e as frustrações, as raízes e os frutos nas relações de conhecimento de dupla mão que vêm sendo estabelecidas para construção de uma peculiar identidade dos brasileiros descendentes de japoneses.

Segundo a organizadora Marília Kubota, o lançamento da antologia é importante para visualizar as transformações pelas quais passou a tradição inventada dos japoneses no Brasil. É através da ficção que entendemos uma etnia e uma geração, no contexto de uma  nacionalidade e um tempo histórico. É o retrato de uma geração de nipo-brasileiros, mais brasileiros , mas ainda japoneses para o qual a miscigenação é um fato consumado.

Anúncios

Um pensamento sobre “Lançamento

  1. Por e-mail:

    Você faz isso de propósito, não é? Só porque eu sou carioca.
    Boa sorte, querida. Tenho certeza que o evento será lindo.
    E nosso livrinho de contos ecológicos, sai ou não sai??
    Bjs,
    Cathia

    PARABÉNS, SORTUDA!
    BJS
    BRANCA

    Tereza, que maravilha…. mas não podemos ir, já vamos estar no Imigrantes começando a montagem da Mega Artesanal.
    Depois da feira podemos tudo, mas neste período é muito complicado.
    Esperamos você por lá.
    Um abração.
    Rita

    Muito sucesso para vocês!
    Um beijão!
    Jane

    Parabéns pelo lançamento, Tereza. Boa sorte com o trabalho.
    Abraço,
    Luís.

    Olá!

    Obrigadíssima pelo convite! Estarei lá, salvo motivo de força maior rsrsrs… para dar um abração em vocês, tá bão?
    Boa sorte! Beijos,
    Teruko

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s