Dica de Teatro

[ Dica de Teatro ]


Neste domingo fomos assistir A Alma Boa de Setsuan, de Brecht, no Tuca. Adorei, um texto atual, crítico e divertido. A atuação da Denize está maravilhosa! Recomendo.

Release completo: clique aqui

“Durante esses 18 meses em cartaz, a premiada montagem de A Alma Boa de Setsuan,  percorreu 16 cidades, sendo encenada para públicos distintos do sul ao nordeste do país – incluindo temporada de 2 meses de sucesso absoluto no Rio de Janeiro – em teatros com capacidade entre 400 e 2.100 lugares e com total aprovação das platéias, independente das referências e hábitos culturais.

A importância dessa visita a Brecht é justamente o caráter popular da montagem, comprovado no grande êxito da turnê com mais de 110 mil espectadores. A crença nisso é o retorno aos palcos paulistanos com preços dos ingressos acessíveis, encerrando a tão bem sucedida temporada com a equipe de atores e técnicos que somam mais de 40 profissionais desde a estreia no Teatro Renaissance em julho de 2008.

Essa temporada popular no Teatro Tuca garante a democratização do acesso da população a um espetáculo tão encantador e divertido, permitindo assim que mais pessoas possam refletir sobre essa encenação e sobre as questões levantadas por Brecht em 1941 e ainda tão atuais, entre elas: Como ser bom e ao mesmo tempo sobreviver no mundo competitivo em que vivemos?

O que gerou essa montagem de A Alma Boa de Setsuan foi a vontade da atriz Denise Fraga de trabalhar com Marco Antônio Braz por sua vivência de grupo e sua direção lúdica e irreverente. “A Alma Boa de Setsuan desvenda o fazer teatral diante do público. São os próprios atores que recebem a platéia, distribuem o programa, manipulam o cenário e fazem o serviço de contrarregragem. A intenção era criar um elenco com o espírito de grupo de teatro, totalmente disponível artisticamente para contar a história que o camarada Brecht escreveu há quase 70 anos”, revela o diretor Marco Antônio Braz, amigo e contemporâneo de Denise Fraga.

Braz costuma dizer, como Brecht, que é preciso divertir para comunicar. Denise acredita nessa capacidade transgressora do humor e no uso da sua comunicabilidade de atriz popular para encenar Brecht no Teatro. “

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s