Bom dia! Tentando entrar para a era do pós-humano, rs.

[Bom dia! Tentando entrar para a era do pós-humano, rs.]
Abraços Dobrados Pós

Aqui as horas estão demorando muito pra passar… se fico muito tempo sentada, dói… se fico muito tempo deitada, dói… e se fico muito tempo de pé, dói… O corte feito na área abdominal inferior é extenso e toda essa região ainda está bem dolorida, ando à base de remédios. Enfim, só agora me dei conta: sou uma mulher literalmente estéreo. Não que aos 51 anos eu quisesse ter outro(a) filho(a)… Estou muito feliz com a filha única, que é, como sempre brinco, a minha melhor criação.

Só passando por uma cirurgia dessa é que começamos a refletir sobre a real importância do nosso corpo, de algum órgão em especial. Pensar sobre transplantes, perdas e substituições de órgãos, próteses e, enfim, sobre o pós-humano. Sobre nossa vida, nosso corpo e nossa mente… sobre ser mulher e mãe.

Curiosidade: estou lendo o livro “Foco”, de Daniel Goleman, da Editora Objetiva. É interessante, trata de alguns aspectos da neurociência na educação. Livro que a filha emprestou. E estou assistindo (com o Luiz Bras) ao seriado Westworld (mais um sobre o pós-humano).

Todo esse rodeio só pra dizer que acabei escrevendo um poema sobre o pós-humano (o primeiro), para a convocatória do organizador Luiz Bras/Paisagem Personas. Não sei se consegui?!

“Atenção, ciborgues paz-e-amor, transgênicos transgêneros, androides alienados, ghosts da brain-net, clones nefelibatas, inteligências artificiais de todas as cores & sabores e demais poetas & profetas do pós-humano! Até o dia 31 de dezembro aceitaremos poemas para a terceira ‘Hiperconexões: realidade expandida’ (organização: Luiz Bras), que será lançada em 2017.”

ilustrapos-humani-tereza

Estranheza

Tereza Yamashita

 

Nunca me reconheci.

 

Minha mãe.

Seu lado esquerdo

Quase todo adaptado:

Meio cérebro,

Meia perna,

Meio pulmão,

Meio coração,

Meio braço,

Olho e

Dedo indicador

Acusadores,

Meio Sorriso

Metálico,

Triste e Frio,

Ouvido

Intacto,

Ouvindo só o que queria.

Reconstituíram-me.

Quase inteira.

Útero intacto,

O coração

Metade do meu pai,

Ausência,

Metade da minha mãe,

Onipresença.

 

Eles partiram.

Eu fiquei.

Mesmo assim,

Ainda não me reconheço.

 

 

 

“Jabuti digital: Conhecendo os livros aplicativos vencedores.”

[Bom dia! Estamos na Plataforma Brasileirinhos, Brasil em Mente, coluna High Tech.]
“Jabuti digital: Conhecendo os livros aplicativos vencedores.”

brasileirinhos2016-12-03-as-07-01-39-copyA querida educadora Luzia Tanaka (direto do Japão, rs) acabou de me enviar o link. Uma matéria sobre os livros digitais que ganharam o Jabuti. O nosso livro aplicativo ficou em segundo lugar, “Mãos Mágicas” de Tereza Yamashita, ilustrações de Vivian Suppa e AppStore de Dean Palma Ivatchkovitch, pela SESI-SP editora.

appstore-2016-12-03-as-06-45-32Foto: Dean Palma Ivatchkovitch.

https://brasileirinhos.wordpress.com/…/jabuti-digital-conh…/

Por Aline Frederico – Aline Frederico é pesquisadora e doutoranda em literatura infantil na Universidade de Cambridge e pesquisa livros infantis interativos no iPad. Colabora com o recém-nascido blog Literatura Infantil Digital e coordena o projeto Historinhas em Cambridge de contação de histórias em português. Na Plataforma Brasileirinhos, Aline comanda a coluna High Tech.

Livro premiado em segundo lugar no 58º Jabuti, categoria Livro Infantil Digital. Quem quiser conhecer, é só baixar o aplicativo.
Clique aqui: https://itunes.apple.com/us/app/id1050952132

postlivropremiado

Salvar

[Fotos da Premiação do 58º Jabuti]

[Fotos da Premiação do 58º Jabuti]

dsc01575

A primeira missão já foi cumprida, fui buscar o meu Jabuti.

dsc01571
Parabéns a todos que ganharam o prêmio, a toda a equipe da organização do 58º Jabuti, aos jurados, amigos e parceiros: SESI-SP editora (editores Rodrigo e Juliana), Suppa (ilustração) e Dean Palma Ivathckovitch (App Store).

31173225432_80b0bd91af_oFoto divulgação do site da CBL

Foi um prazer conhecer pessoalmente o premiadíssimo escritor e ilustrador Roger Melo e a professora e curadora Marisa Lajolo, e foi um grande prazer rever a Isis Valéria Gomes, depois de 20 anos (Editora do Brasil), que me entregou o troféu. Foi muito bonita e merecida a homenagem à escritora Lygia Fagundes Telles.

terezaoutros-2016-12-01-as-08-34-13
Obrigada ao Teo Adorno, por me acompanhar, e pelas fotos.

Link do álbum fotos no FB:
https://www.facebook.com/tereza.yamashita.9/media_set?set=a.1479373168742883.1073741977.100000106419607&type=3&pnref=story

todas-jabuti-2016-12-01-as-08-19-58

Abraços Dobrados Agradecidos, Felizes e Honrados.

Salvar

Amanhã e sexta-feira serão dias incríveis

[ Amanhã e sexta-feira serão dias incríveis, rs.]

Bom dia! E a vida vai nos levando, nos empurrando, nos remendando… nos dobrando.

Na quinta-feira irei à cerimônia da 58º Premiação do Jabuti. Nesses eventos com muitas pessoas, mesmo algumas conhecidas numa maioria desconhecida, eu sempre me sinto um peixe/jabuti fora d’água (acho que me expresso melhor com palavras, desenhos & origamis, hahaha). Sou tímida e me sinto muito desconfortável, mesmo tendo sido premiada apenas com o segundo lugar. Bom, receberei com coragem e alegria os presentes que os deuses me concederam.

postlivropremiado

E na sexta-feira, como tradicionalmente dizem, eu “entrarei na faca”! Chegou o dia das minhas férias forçadas. Nunca fraturei nada, nunca levei um ponto sequer, e o meu parto foi normal. Sinceramente, estou meio amedrontada. Não tenho receio do antes e do durante (estou confiante no meu médico), mas sim do depois… Da recuperação que será demorada, aproximadamente uns 40 dias para retornar à vida normal.

Enfim, aqui me despeço e agradeço a todos pelas curtidas, pelos incentivos e pela amizade.

Se der, colocarei fotos da premiação, ou pelo menos da estatueta. E tentarei fazer um tipo de diário das férias forçadas, quando puder. Daremos notícias aqui, pelo FB (um dos meus quatro maridos, kkkk, ou a filhota). Torçam por mim!

Abraços Dobrados Agradecidos e já Saudosos.

Abraços Dobrados Chuvosos e Jabutizados, hahaha.

[Para terminar o dia…]

jabuti1
Abraços Dobrados Chuvosos e Jabutizados, hahaha.

jabuti2
Nada como praticar origami num domingo chuvoso, ouvindo o barulhinho da chuva caindo na rua e curtindo um friozinho gostoso. Bom para acalmar a mente e relaxar o corpo.

Utilizei os papéis da parceria Filiperson (Deccor, Metallics, Kraft e Filipinho), como os papéis deles não são dupla face, eu dei um jeitinho, colei um papel no outro (recomendo usar um quadrado de papel de 21x21cm) e ficaram bem legais! Dobrei uma tartaruga (é quase um Jabuti), rs. Enquanto o meu não vem pra casa, eu me divirto com o “Jabuti” de papel! E assim o meu livro se complementa com mais um animal. E Mãos em Movimento.

jabuti3
Tortoise/Tartaruga, criação de Sergey Yartsev, dobrada por Tereza Yamashita

Loja virtual: https://www.lojafilipaper.com.br

Prêmio Jabuti 2016 – Segundo lugar- Literatura Infantil Digital

[ Segundo lugar no Jabuti 2016, na categoria Literatura Infantil Digital ]

captura-de-tela-2016-11-04-as-07-41-38

jabuti2016-11-11-as-22-06-10http://premiojabuti.com.br/vencedores-2016/infantil-digital-4/

Folha de São Paulo
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/11/1831705-julian-fuks-e-arnaldo-antunes-vencem-o-premio-jabuti-2016.shtml

A querida Micheliny Verunschk me enviou os parabéns, rs. Fui correndo ver a lista e eis que ficamos — Tereza Yamashita (autora) e Vivian Suppa (ilustração) — em segundo lugar no Jabuti 2016, na categoria Literatura Infantil Digital.

maos-app-storeViva!

Obrigada aos editores Rodrigo Faria E Silva e Juliana Farias, e a toda a equipe da SESI-SP Editora (Gabriella Plantulli e Maria Fernanda Salla Dias Lima), que confiaram em nosso trabalho. Obrigada aos jurados também.

postlivropremiado

1-indicac%cc%a7a%cc%83o

Abraços Dobrados Felizes e Agradecidos.

 

finalistas-2016-10-22-as-05-42-59Resumo do livro:

“A milenar arte japonesa de dobrar papel, que encanta crianças e adultos, serviu de inspiração para Tereza Yamashita fazer de um quadrado de papel a protagonista desta divertida história. A aventureira Quadradinha de papel sai em uma viagem de autoconhecimento em busca de seu irmão desaparecido. Suppa foi a responsável por dar vida a uma menina de cores fortes. A autora, uma apaixonada e divulgadora desta arte, conta que com o origami é possível transformar um simples quadrado de papel em mil coisas, como animais, flores e até objetos do dia a dia.”

Livro impresso:

https://www.sesispeditora.com.br/catalogo/quem-le-sabe-por-que-a-partir-de-6-anos/maos-magicas/

ma%cc%83os_magicas_capa_baixa

Livro Digital:

Quem quiser conhecer, é só baixar o aplicativo.

Clique aqui:
https://itunes.apple.com/us/app/id1050952132

appmaos

Curiosidade: Prêmio Jabuti – História e Nome

A história do Prêmio Jabuti começa por volta de 1958, em um período repleto de desafios para o mercado editorial, com recursos escassos e baixa articulação do segmento. Apesar das adversidades, não faltava entusiasmo aos dirigentes da Câmara Brasileira do Livro naquela época. A primeira premiação ocorreu no final do ano de 1959, em solenidade simples e despretensiosa, realizada no auditório da antiga sede da CBL, na avenida Ipiranga. Foram laureados autores como Jorge Amado, na categoria Romance, pela obra “Gabriela, Cravo e Canela”. A Saraiva ganhou o prêmio de Editor do Ano.Mas por que um jabuti para nomear um prêmio do livro? A resposta tem explicação no ambiente cultural e político da época, influenciado, sobretudo, pelo modernismo e nacionalismo, pela valorização da cultura popular brasileira, nas raízes indígenas e africanas, nas suas figuras míticas, símbolos seculares carregados de sabedoria e experiência de vida e legados de uma geração à outra.E foi Monteiro Lobato, provavelmente, o mais prolífico na recriação literária das histórias desses personagens meio enigmáticos, meio reveladores e sempre sedutores do folclore nacional. Um desses personagens da literatura infantil de Lobato é, como se sabe, o jabuti. O pequeno quelônio, já familiar no imaginário das culturas indígenas tupi, ganhou vida e personalidade nas fabulações do autor das “Reinações de Narizinho”, como uma tartaruga vagarosa, mas obstinada e esperta, cheia de tenacidade para vencer obstáculos, para enganar concorrentes mais bem-dotados e chegar na frente ao fim da jornada. Com essas credenciais, ganhou também a simpatia e a preferência dos dirigentes da CBL. Eles o elegeram para inspirar e patrocinar um prêmio para homenagear e promover o livro.

Fonte: http://premiojabuti.com.br/press-releases/curiosidade-premio-jabuti-historia-e-nome/

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Férias

calendar2017

[Abraços Dobrados já Saudosos e Agradecidos]

Enfim, as aulas da #HDB#DannyPink#Rede Vida e o bate-papo na Biblioteca do SESI foram os meus últimos eventos do ano de 2016, com a minha presença física. Foram muitos eventos & workshops. Felizmente consegui, aos trancos e barrancos, como dizem, rs, finalizar todos.

Obs: Um notícia inesperada e maravilinda! Tereza Yamashita (autora) e Vivian Suppa (ilustração) — em segundo lugar no Jabuti 2016, na categoria Literatura Infantil Digital. Quem quiser conhecer, é só baixar o aplicativo. Clique aqui:
https://itunes.apple.com/us/app/id1050952132
Abraços Dobrados com Aplicativos, Agradecidos e Honrados.
E no dia 24/novembro, a entrega da premiação do 58º Jabuti 2016 (meu último evento do ano, rs).

Arigatou! Aproveito para agradecer a todos os amigos e aos parceiros de vida e da área profissional por esse ano. Infelizmente terei que tirar umas férias forçadas. Se com o plano de saúde e com o hospital/médico der tudo certo, farei um cirurgia (histerectomia total abdominal). A data reservada é no final de novembro. Uma cirurgia comum hoje em dia, mas a recuperação é um pouco lenta: estimativa de 40 dias para voltar às minhas atividades cotidianas. Se tudo correr bem, é claro.
Então, agora, nas próximas semanas de novembro, começo a me preparar psicologicamente. Tentarei deixar tudo em ordem em casa: comidinhas congeladas e diversos outros assuntos da vida de um mero mortal (as chatices da vida, rs). Enfim, como o ano passou rápido, logo virão o Natal e o Ano Novo. Talvez me ausente um pouco do FB, mas em 2017 voltarei com mais saúde, com novos eventos e novos trabalhos, espero! E que o ano novo traga novas oportunidades pra todos. Ano do galo, para os chineses. Será bom parar um pouco. Tempo pra meditar, fazer uma recapitulação da vida, particular e profissional, dos meus 51 anos. Tentar me renovar!

Curiosidade:
Horóscopo Chinês – 2017 será o ano do Galo
O ano novo chinês, em 2017, começa a partir de 28 de janeiro e vai até 15 de fevereiro de 2018. É neste período, portanto, que o signo do Galo estará influenciando a todos nós.
O signo chinês do Galo simboliza retidão, honestidade, além de coragem, ímpeto e ambição.
Galo nos traz para impulsionarmos a nossa visa. Este pode ser um ano para sair da estagnação! Força, coragem, honestidade, resistência e perseverança. Estas serão as palavras de ordem para o ano de 2017, quando estaremos sob a incontestável energia do Galo!

Salvar