Segunda postagem da parceria Filiperson – fevereiro 2018

Postagem 2 todas bonecas 2108

Bom dia flores do futuro!
Hoje vamos brincar de bonecas e de personagem de livro, peguei emprestado da filhota as suas Barbies e Susie.
Vamos brincar de estilista do futuro (acho que a primeira aula de escrita criativa do futuro me influenciou bastante, rs. Aliás, já fiz o primeiro exercício de escrita. Vejam o tema: bonecas do futuro, ainda estou tomando coragem pra enviar pro professor e pros alunos, kkk).

Para a postagem, também fiz uma releitura do personagem (do filme) Le Petit Prince (O Pequeno Príncipe), de Antoine de Saint-Exupéry, no meu futuro o personagem será uma jovem princesa linda e aventureira.
Anúncios

Ocupação do Futuro!

Bom dia, flores do futuro…
Ontem correu tudo bem! Abraços Dobrados Agradecidos aos novos participantes, e arigatou pelo incentivo e pelo carinho dos amigos do face. Foi muito divertido, bom conhecer pessoas diferentes e pessoalmente (fora da telinha/face, rs) e suas histórias de vida. Fiz um curso de extensão de literatura na PUC, mas uma oficina de escrita criativa e do futuro é a primeira. No Budismo a filosofia ensinada é a de se viver o presente, aprender com o passado e não pensar no futuro, para não se estressar, rs. Mas ontem nós conversamos sobre o nosso futuro, sobre as novas tecnologias e suas consequências, sobre o eu do futuro. Grande aprendizado. Valeu Luiz! Esqueci de tirar fotos, prometo que no próximo encontro farei fotos futurísticas, kkk. Enfim, vou aproveitar o feriado de Carnaval para estudar, ler e fazer o primeiro exercício de escrita criativa. Abraços Dobrados Agradecidos e Mãos e Mente em Movimento. Ah, uma ilustra que fiz para o jornal Rascunho, algo sobre o futuro, não me lembro o tema, rs.

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e texto

 

08/fev/2018
Bom dia. Tudo pronto. Ocupação do Futuro!
Hoje é dia de pura adrenalina, rs. Terei duas novas experiências:
1. Dizem que santo de casa não faz milagres, rs… Mas participarei do novo ateliê de criação literária coordenado pelo escritor Luiz Bras (que por coincidência é meu sócio na Matéria-Prima e companheiro há 29 anos, kkk).
Vou aprender como escrever sobre o temido futuro, tentar compreender os mecanismos da expressão literária. Esse interesse está diretamente relacionado à busca da compreensão mais ampla da vida e da sociedade, como salienta o Luiz. O Ateliê é para escritores iniciantes, com obra ainda em formação, estudantes e pessoas interessadas em aprimorar suas habilidades no uso da linguagem literária.

27023904_1987629651250563_8262173707942423296_o
2. Novo local: abrindo as portas do nosso pequeno ateliê. Por mais de 15 anos trabalhamos nele, Sansão (saudades) e eu principalmente, com o design gráfico. No entanto há 4 anos e meio, tempo que a minha filha está no Paraná fazendo faculdade, nós o alugamos para conseguir manter outro apartamento em Curitiba. A cidade é tão cara quanto Sampa, rs. Infelizmente a nossa inquilina saiu, parece que perdeu o emprego ou achou outro apartamento… Enfim, ele ficou vago e, enquanto não for alugado novamente, daremos aulas nesse espaço. Estou chamando de Ocupação do Futuro, viver minimalisticamente, desapegadamente… Creio que quando formos bem velhinhos e de cabelos branquinhos, ele será o nosso novo casulo, o que não falta muito, kkk.

Sejam bem-vindos à Ocupação do Futuro. Juntem-se a nós e tornem-se finalmente um escritor geneticamente modificado. E que o tsuru (grou), símbolo da Longevidade e da Paz, nos acompanhe sempre. Hoje e no futuro!

Pra quem pediu informações:

PÚBLICO-ALVO
Escritores iniciantes, com obra ainda em formação, estudantes e pessoas interessadas em aprimorar suas habilidades no uso da linguagem literária.

DURAÇÃO DO ATELIÊ
Quatro encontros quinzenais de três horas cada, com um intervalo de quinze minutos.

CRONOGRAMA
8 e 22 de fevereiro, 8 e 22 de março Quintas-feiras
Das 19h às 22h
NÚMERO DE PARTICIPANTES: Oito
MATERIAL
Caneta e papel sulfite, ou laptop, ou tablet, ou smartphone, ou qualquer nova tecnologia de registro de texto
INVESTIMENTO
R$ 400 divididos em duas parcelas
LOCAL
Próximo à estação Vila Madalena do metrô (700 metros)
Peço aos interessados que me contatem inbox com Paisagem Personas.

+ + +

LUIZ BRAS nasceu em 1968, em Cobra Norato, MS. É escritor e coordenador de ateliês de criação literária. Já publicou diversos livros, entre eles “Distrito federal” (rapsódia), “Não chore” (novela) e “MáquinaMacunaíma” (contos). Também organizou os três volumes da coletânea de poemas “Hiperconexões: realidade expandida”, sobre nosso futuro pós-humano.

ESCREVENDO O FUTURO
Ateliê de criação literária coordenado por Luiz Bras
[ Nova turma: fevereiro e março ]
Nos últimos cem anos, a ciência e a tecnologia começaram a modificar a biosfera e o ser humano de maneira assustadora. Mas esse processo, apesar de muito debatido por filósofos, sociólogos, historiadores e cientistas, raramente aparece na literatura brasileira contemporânea. A proposta é que os atelienses expressem em prosa ou verso nossa inquietação presente com o futuro pós-humano que se aproxima, está chegando, já está aqui.


Temas que serão tratados no ateliê:
– Engenharia genética, Inteligência artificial, Nanotecnologia, Drogas da inteligência, Conexão cérebro-computador, Próteses eletrônicas, Upload mental, Realidade artificial
Ciborgues, Robôs, androides e ginoides, Cidades, residências e veículos inteligentes, Catástrofes ecológicas e Viagens espaciais.

DINÂMICA:
As pessoas estão cada vez mais interessadas em aprender e compreender os mecanismos da expressão literária. Esse interesse está diretamente relacionado à busca da compreensão mais ampla da vida e da sociedade.
O objetivo do ateliê é estimular, de maneira livre, porém disciplinada, a produção de contos e poemas de qualidade, sobre o futuro.
No primeiro encontro, o coordenador apresentará ao grupo e comentará as principais obras da bibliografia e da filmografia sobre a revolução pós-humana.
Em seguida, a cada encontro será proposto aos atelienses que escrevam um conto ou um poema, que será lido e comentado por todos.

Sobreviver

Ontem fomos caminhar, um calor intenso. Fomos até o Unibes Cultural e vimos duas exposições com fotos lindas, mas muito tristes. Em pleno século 21 ainda temos trabalhos sub-humanos e pessoas morando e vivendo na completa pobreza. Histórias de esperança e decepção no bairro do Glicério, onde os imigrantes haitianos tentam sobreviver. Exposição “Mulheres de Pedras” e “Rostos Haitianos”. Abraços Dobrados Reflexivos.

27018772_2058808607724166_33416360_o

Captura de Tela 2018-01-19 às 07.44.41

Captura de Tela 2018-01-19 às 07.48.20

No face:

https://www.facebook.com/tereza.yamashita.9/media_set?set=a.1975347192478809.1073742167.100000106419607&type=3&pnref=story

Revista Gueto

[Edição especial n. 2 da revista gueto | sobre direitos humanos e minorias]

Capa 2018-01-08

Bom dia! Feliz em participar, uma honra. Arigatou. Estou na página 22 da edição especial. Abraços Dobrados sobre Direitos Humanos e Minorias.

Poema Gueto 2018-01-08 às 08.01.27

Revista gueto capa2018-01-08

está no ar | a edição especial n. 2 da revista gueto | sobre direitos humanos e minorias | 17 autores selecionados em poesia | 17 autores selecionados em prosa | imperdíveis

A Revista Gueto saiu na coluna Babel (obrigado,Maria Fernanda Rodrigues) do Estadão neste final de semana. 😆 #estadao #revistagueto #literatura#conto #poesia

Link: http://cultura.estadao.com.br/blogs/babel/babel-livro-de-malala-para-criancas-chega-ao-pais-em-marco/ — em  São Paulo

Gueto

gueto_especial_02 – PDF

https://revistagueto.com/2018/01/08/edicao-especial-direitos-humanos-e-minoriasgueto_especial_02

Vale a pena ver de novo, rs

Há exatamente três anos, eu comecei a minha parceria com os Papéis Especiais Filiperson. Viva! Brincando de casinha, móveis de origami. Abraços Dobrados Agradecidos e Celebrados, rs.

3 anos parceria filiperson2018-01-17

Vale a pena ver de novo, rs. A minha filha achou os novos links do programa #HDB – Hora de Brincar da Danny Pink, viva! Abraços Dobrados Relembrados.

hdb4-2016-11-03-as-09-58-41

#HDB com Danny Pink (31/10) – Primeira Aula: Borboleta
https://www.youtube.com/watch?v=T9QpMgka_tk
Tempo: 10:44


Vídeo editado

#HDB com Danny Pink (01/11) – Segunda Aula: Monstrinho Devorador de Livros
https://www.youtube.com/watch?v=9gPDJeLQdAs
Tempo: 7:29


Vídeo editado

#HDB com Danny Pink (02/11) – Terceira Aula: Giraflor
https://www.youtube.com/watch?v=z50nnqRFVwM
Tempo: 8:15


Vídeo editado

#HDB com Danny Pink (03/11) – Quarta Aula: Cachorrinho
https://www.youtube.com/watch?v=sXiz5gjWLIE
Tempo: 8:56


Vídeo editado

#HDB com Danny Pink (04/11) – Quinta Aula: Tsuru
https://www.youtube.com/watch?v=R2OtW05Okn0
Tempo: 8:45


Vídeo editado

 

Vídeos editados do Ateliê na TV – 2018

Bom dia relembrados! Pra quem não conseguiu assistir ao vídeo na Rede Vida, aqui está o link, editado, com a Dica do Dia do Ateliê na TV: o meu “Monstrinho Pinguim Devorador de Livro”. Passo a passo no Abraços Dobrados – Parceria Filiperson 2017.

Giraflor – Girafa de Origami

Unicórnio de origami

Unicorinios1

Para terminar o dia origamando… passeando pelos shoppings e pela cidade me deparei com muitos unicórnios, principalmente os de pelúcia para crianças. Fiquei curiosa e acabei dobrando um de origami, ou melhor dois casais, um deles com os papéis Filiperson Glitter Soft e os branquinhos com papel importado japonês. Simbolicamente ele traz sorte, rs. Então… BOA SORTE, muita magia e luz pra todos em 2018.. Simbolicamente ele traz sorte, rs. Então… BOA SORTE , muita magia e luz pra todos em 2018.

Unicornios2

Curiosidade:
“Etimologicamente, a palavra “unicórnio” se originou a partir do latim unicornis, que significa literalmente “um único chifre”. O unicórnio alcançou grande popularidade na China Antiga e na Europa, e tornou-se um mito e símbolo de BOA SORTE. Ao longo dos anos, várias foram as descrições deste ser mitológico, sendo a presença de um enorme chifre na cabeça uma das características em comum. De acordo com a mitologia, os unicórnios têm poderes mágicos e milagrosos, principalmente o seu chifre, considerado a parte mais importante de seu corpo, e o sangue. Ninguém sabe ao certo quando a lenda do unicórnio surgiu, mas a sua popularidade cresceu a partir do período medieval. Assim como na Idade Média, a figura mítica dos unicórnios continua fascinando as pessoas na literatura contemporânea. Livros famosos como “Harry Potter”, da escritora J. K. Rowling, e de outros escritores conhecidos, como Peter S. Beagle, Lewis Carroll e C.S. Lewis retratam a lenda dos unicórnios no universo criado para as suas histórias.”
Fonte: Significados